Julho de 2005
Santos e Festas de Julho
Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão
Calendário

SANTOS E FESTAS DE JULHO

1

Santo Olivério Plunkett,
Bispo e Mártir

+ Londres, 1681. Irlandês, foi ordenado sacerdote em Roma. Depois, eleito Bispo e Primaz da Irlanda. Foi martirizado em Londres.

Primeira Sexta-feira do mês.

2

São Bernardino Realino,
Confessor

+ Lecce (Itália), 1619. Formado em Direito Civil e Canônico, advogado fiscal de Alessandria, no Piemonte, tudo abandonou para servir a Deus na Companhia de Jesus.

Primeiro Sábado do mês.

3

COMEMORAÇÃO DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO
(Neste ano)

Santo Anatólio,
Bispo e Confessor

+ Laodicéia (Síria), Séc. III. Natural de Alexandria, brilhava nas ciências profanas. Dirigiu-se para a Ásia Menor (hoje Turquia), onde foi aclamado Bispo de Laodicéia.

4

Santa Isabel de Portugal, Viúva
(Vide p. 42)

Santo Ulrico,
Bispo e Confessor

+ Augsburg (Alemanha), 972. Zelou pela disciplina do clero em sínodos anuais, reafervorou o povo por meio da pregação e visitas pastorais, protegeu os pobres e fundou mosteiros.

5

Santo Antonio Maria Zaccaria,
Confessor

+ Itália, 1539. Foi um dos grandes santos que se empenharam na restauração da Igreja na Itália antes do Concílio de Trento. Fundou a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, ou Barnabitas.

6

Santa Maria Goretti,
Virgem e Mártir.

Isaías, Profeta e Mártir

Séc. VIII a.C. Previu que o Messias nasceria de uma Virgem, e também os sofrimentos de Nosso Senhor na Paixão.

7

Beatos Rogério Dickenson e Raul Milner
 Mártires

+ Winchester (Inglaterra), 1591. Raul, agricultor analfabeto, abjurando o protestantismo, foi preso no dia de sua Primeira Comunhão. Liberado, passou a auxiliar os católicos perseguidos. Para isso uniu-se ao Pe. Rogério, ajudando-o em seu ministério oculto entre os católicos. Encarcerado com o mencionado sacerdote, recusou-se a abjurar a verdadeira fé, sendo executado com ele.

8

São Quiliano,
Bispo e Mártir

+ Wurtzburg (Alemanha), 689. Irlandês de origem, partiu para evangelizar a Baviera. Quando seu apostolado ia ser coroado de sucesso com a conversão do Duque de Wurtzburg, a cunhada deste mandou assassiná-lo na ausência do Duque.

9

Santa Paulina do Coração de Jesus Agonizante,
Virgem.

+ São Paulo, 1942. Oriunda da Itália, aos 10 anos emigrou com a família para Santa Catarina. Fundou a primeira congregação religiosa feminina brasileira, das Irmãzinhas da Imaculada Conceição.

10

Beato Pacífico,
Confessor

+ Bélgica, 1230. Trovador, converteu-se aos 50 anos ouvindo pregar São Francisco, que o recebeu em sua Ordem e enviou-o depois para estabelecê-la em Paris.

11

São Bento,
Abade.

Santa Olga, Viúva

+ Kiev (Ucrânia), 969. Esposa do Príncipe Igor, Grão-duque de Kiev. Com a morte do marido, assumiu a Regência, recebendo o batismo em Constantinopla. Teve a alegria de ver o catolicismo estabelecido como Religião do Estado por seu neto São Vladimir.

12

Beatos João Jones e João Wall,

Mártires

+ Inglaterra, 1598 e 1679. De família católica galesa, João Jones entrou na Ordem Franciscana em Roma. Enviado para a missão inglesa, acabou sendo preso, decapitado e esquartejado por ódio à fé. João Wall, também franciscano, trabalhou na clandestinidade durante 22 anos no Condado de Worcester, onde foi executado.

13

Santo Henrique II
Santa Cunegundes

+ Alemanha, 1024 e 1033. Santo Henrique era Duque da Baviera, quando recebeu do Papa a coroa do Sacro Império Romano Alemão por seu zelo pela propagação da fé e sua vida profundamente religiosa. Sua esposa, Santa Cunegundes, após a morte do marido, ingressou num mosteiro por ela fundado.

14

São Camilo de Lellis,
Confessor

+ Roma, 1614. De nobre família, ingressando no exército, foi expulso por mau caráter e vício de jogar. Perdeu a fortuna e teve de mendigar. Tocado pela graça, entregou-se ao serviço dos enfermos nos hospitais, especialmente dos pestíferos, fundando para isso a Ordem dos Ministros dos Enfermos. Morreu vítima de sua caridade, com moléstia contagiosa que contraíra. Leão XIII o declarou patrono dos hospitais e dos enfermos.

15

São Donald,
Confessor

+ Ogilvy (Escócia), Séc. VII. Ao morrer, a esposa recomendou-lhe que encontrasse bons maridos para as nove filhas. Como todas manifestaram vocação religiosa, transformou a casa num mosteiro, do qual foi superior.

16

Nossa Senhora do Carmo

São Sisenando, Mártir

+ Córdoba (Espanha), 851. Português de origem. Pregador audaz e fogoso, foi lançado ao cárcere e depois martirizado.

Beato Inácio de Azevedo
17
Carmelitas de Compiègne

Beato Inácio de Azevedo e Companheiros,
Mártires

Beata Teresa de Santo Agostinho e Companheiras,
Mártires

+ 1794. Essas 16 carmelitas de Compiègne foram guilhotinadas por ódio à Fé, em Paris, durante a Revolução Francesa, oferecendo suas vidas "pela paz da Igreja e pela França".

18

São Filastro,
Confessor

+ Bréscia (Itália), 386. Acérrimo inimigo dos arianos, foi nomeado pároco de Bréscia.

19

Santo Arsênio,
Confessor

+ Mênfis (Egito), 412. Romano, retirou-se para o deserto no Egito, a fim de fugir das ciladas do mundo.

Santo Elias
20

Santo Elias,
Profeta.

Santa Margarida, Mártir

+ Constantinopla, séc. III. Pouco se sabe da vida dessa mártir. Seu culto foi trazido ao Ocidente pelos cruzados.

21

São Lourenço de Brindisi,
Confessor e Doutor da Igreja

Santa Praxedes,
Virgem

+ Roma, séc. II. Contemporânea dos Apóstolos e irmã de Santa Prudenciana, foi de suma generosidade para com os cristãos, manifestando intrepidez em auxiliar os mártires.

22

Santa Maria Madalena,
Penitente.

Beato Agostinho Fangi,
Confessor

+ Veneza, 1493. Dominicano, apresentado como modelo de paciência e humildade em meio às dores e às doenças.

23

Santo Apolinário,
Bispo e Mártir

+ Dalmácia, séc. I. Discípulo de São Pedro, foi por ele sagrado Bispo de Ravena, de onde foi expulso pelos pagãos, sendo martirizado na Dalmácia.

24

Santa Luíza de Sabóia,
Viúva

+ Orbe (Suíça), 1503. Descendente do Beato Amadeu IX de Sabóia, casou-se com Hugo de Châlons. Perdendo o marido 10 anos depois, entrou num convento franciscano.

25

São Tiago Maior,
Apóstolo e Mártir

São Cristóvão,
Mártir

+ Síria, séc. III. Segundo a tradição, era um gigante de estatura. Atravessou caudaloso rio levando o Menino Jesus em seus ombros, tendo então se convertido. Por esse motivo, tornou-se o patrono dos motoristas. De sua vida pouco se conhece, tendo sido martirizado por ser cristão.

26

São Joaquim e Santa Ana,
pais de Maria Santíssima

Santa Bartolomea Capitanio,
Virgem.

+ Bréscia, 1833. Sua paixão era servir aos necessitados de alma e corpo, fazendo-o no hospital da cidade, nas escolas e em suas casas. Fundou o instituto que leva seu nome.

27

Santa Natália e Companheiros,

Mártires

+ Córdoba, 852. Natália e o marido, de origem muçulmana, converteram-se ao cristianismo, sendo imitados por Félix e Liliosa, também cristãos ocultos. Todos foram condenados à morte junto com um monge palestino, Jorge, a quem davam abrigo.

28

Santo Inocêncio I,
Papa

+ Roma, 417. Papa numa das mais turbulentas épocas da história da Igreja, em que a Itália era invadida pelos godos e pela heresia pelagiana. Condenou esta última a pedido de Santo Agostinho.

29

Santo Olavo Rei,
Confessor

+ Noruega, 1030. Estabeleceu gloriosamente o catolicismo como Religião oficial do Estado.

30

São Justino de Jacobis,

Confessor

+ Etiópia, 1853. Lazarista italiano, foi Vigário Apostólico na Abissínia.

31

Santo Inácio de Loyola,
Confessor.

São Germano de Auxerre,
Bispo e Confessor

+ Ravena (Itália), 450. Doutor em Direito Canônico e Civil. Ao morrer Santo Amador, Bispo daquela cidade, Germano foi eleito em seu lugar.

___________

Nota:

Os Santos aos quais já fizemos referência em Calendários anteriores têm aqui apenas seus nomes enunciados, sem nota biográfica.

*     *     *

Intenções para a Santa Missa em julho

Será celebrada pelo Revmo. Padre Davi Francisquini, nas seguintes intenções:

Com especial menção a Nossa Senhora do Carmo — cuja festividade a Santa Igreja celebra no dia 16 de julho — suplicando-Lhe todas as graças necessárias para a salvação eterna de cada um dos assinantes e leitores de Catolicismo, bem como de nossos amigos e benfeitores. Também por uma maior expansão, no Brasil e no mundo, da devoção ao Santo Escapulário do Carmo.

<>    O    <>

Intenções para a Santa Missa em agosto

Pelo Brasil, para que o País vença a grave crise que atravessa atualmente, e a qual não venha exercer influência malsã em nossa juventude. Que os pais e mães de família sejam protegidos pela Providência Divina e possam educar seus filhos, segundo os ensinamentos da moral autenticamente católica, para, assim, obterem um futuro virtuoso.

 

 

Comente
Leia os comentários
Envie para amigos
Versao para impressão